Vote em 1, leve 5: o que são as candidaturas coletivas a vereador? – UOL

por: Nathan Lopes

Nas últimas duas eleições, o número de candidaturas coletivas para o Poder Legislativo explodiu. Começou com sete, juntando os pleitos de 2012 e 2014, para chegar a 98 em todo o país, somando os números de 2016 com os de 2018, segundo levantamento do Raps (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade). Para este ano, a tendência é que esse recorde seja quebrado novamente. E com facilidade.

Apenas na capital paulista, o UOL levantou junto aos partidos que ao menos 34 candidaturas coletivas estarão na disputa por vagas na Câmara Municipal. Outras ainda estão em processo de formatação. Não há nenhum mandato coletivo atualmente no legislativo paulistano.

Outsiders

Há também a ideia de que conseguir votos para um grupo é mais fácil do que para uma pessoa sozinha. “Nós víamos diversos candidatos com deficiência e nenhum sendo eleito”, diz Bruno Beraldin (PSDB), do “Todos pela Acessibilidade”, pré-candidato a vereador de um grupo de cinco pessoas com diferentes tipos de deficiência.

Veja matéria completa em:
Origem: Vote em 1, leve 5: o que são as candidaturas coletivas a vereador? 04/09/2020 – UOL

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tamanho da fonte
ajustar contraste